NO DIA NACIONAL DE LUTA CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA SINDICATO REAFIRMA COMPROMISSO COM O TRABALHADOR E PEDE MOBILIZAÇÃO DA CATEGORIA FISCAL

14/03/2017 07/12/2020 16:47 725 visualizações

Nesta quarta-feira,15, entidades sindicais de todo o Brasil intensificam a onda de protestos e mobilizações contra a PEC 287, chamada de Reforma da Previdência, na realização de uma dia nacional de luta. O Sindifiscal, que é adepto da militância contra a Reforma, convoca os auditores da Receita Estadual: "a nossa mobilização será no sentido de contatar os parlamentares da Bancada tocantinense na Câmara Federal, seja no whatsapp, facebook, emails, telefonemas, visitas presenciais etc. É necessário que os parlamentares entendam que devem ficar do lado da sociedade e da classe trabalhadoras votando contrariamente a está PEC",afrima o presidente Carlos Campos.

"Estamos felizes em ver a força das classes trabalhadoras se manifestando pelo país. Essa luta é de todos nós. E para fazer menção a ela, continuaremos promovendo espaços de reflexão a respeito do que vem acontecendo. O envolvimento do trabalhador é essencial ele precisa brigar por seus direitos", completa Campos
Abaixo a relação de contato dos parlamentares tocantinenses:

1.Carlos Henrique Gaguim - PTN
(63) 3215.5222
dep.carloshenriquegaguim@camara.leg.br

2.César Halum - PRB
(63) 3215.5422
dep.cesarhalum@camara.leg.br

3.Dulce Miranda - PMDB
(63) 3215.5530
dep.dulcemiranda@camara.leg.br

4.Irajá Abreu - PSD
(63) 3215.5802
dep.irajaabreu@camara.leg.br

5.Josi Nunes - PMDB
(63) 3215.5950
dep.josinunes@camara.leg.br

6.Lázaro Botelho - PP
(63) 3215.5478
dep.lazarobotelho@camara.leg.br

7.Professora Dorinha Seabra Rezende - DEM
(63) 3215.5432
dep.professoradorinhaseabrarezende@camara.leg.br

8. Vicentinho Júnior - PR
(63) 3215.5817
dep.vicentinhojunior@camara.leg.br

Agenda de mobilização

Na última sexta-feira,10, o Sindifiscal apoiou a realização do seminário Reforma da Previdência: A verdade, que trouxe à Palmas a abordagem das realidades ocultas pela propaganda do governo Federal a respeito do assunto, com participação dos representantes da Confederação Brasileira dos Servidores Públicos, CSPB, Federação Nacional do Fisco Estadual Distrital, Fenafisco, e Auditoria Cidadã da Dívida. Na prática, o seminário desmascarou argumentos utilizados pelo governo para justificar a Reforma, como o alegado déficit previdenciário e tratou de como a PEC 287/16 vai prejudicar a vida do trabalhador brasileiro, caso seja aprovada da forma em que está.

O sindicato já se prepara para expor seu posicionamento em mais um evento; o debate promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil, OAB, no Tocantins, que acontecerá na próxima quinta-feira,16, às 19h, no auditório da instituição. É muito importante a participação da categoria fiscal também nesse evento.