Com superintendente de Administração e Finanças e Secretário da Fazenda, SINDIFISCAL retoma negociações por reforma dos postos fiscais

16/05/2022 16/05/2022 21:56 230 visualizações

Na manhã desta segunda-feira (16), o presidente do SINDIFISCAL, Rogério Jatobá, acompanhado do vice-presidente Saulo Barreira e o diretor- financeiro Edes Divino, se reuniu na sede da Secretaria da Fazenda com o Secretário da Fazenda, Júlio Edstron Secundino, e a Superintendente de Administração e  Finanças, Kelma Lima. A tônica das  audiências foi a seguinte pauta: as reformas nos postos fiscais, o convênio com a Polícia Militar e as progressões na carreira dos auditores. 

A  Superintendente de Administração e Finanças tratou do convênio com a Polícia Militar que aumenta em 70 o número de policiais alocados para trabalhar nas unidades de fiscalização e discutiu também a reformas nos postas fiscais.

Segundo o encaminhamento da reunião, inicialmente serão reformados os postos fiscais de Levantado, Duas Cabeceiras, Duas Pontes e Novo Alegre. Imediatamente após, serão reformados os postos fiscais de Porto Lemos, Beira Rio, Transamazônico, Jaú, Caseara e Araguacema. O objetivo é que estas reformas sejam concluídas ainda neste ano de 2022. O SINDIFISCAL acompanhará os trabalhos desde o seu início e para isto será agendada uma reunião entre a Kelma Lima, o presidente e o vice do SINDIFISCAL e os responsáveis pela execução dos projetos de reforma na Secretaria de Infraestrutura.

Com o secretário da Fazenda discutiu-se o problema ocorrido na divulgação da progressão horizontal. De acordo com o relatório da área de Recursos Humanos da SEFAZ há duas listas: a que foi publicada no Diário Oficial de aptos a progredirem e outra de inaptos a progredirem que não foi publicada. Em ambas as listas há omissão de nomes de vários auditores. O secretario da Fazenda autorizou a diretoria do sindifiscal a resolver este problema junto ao RH. Para isto um levantamento dos nomes que não constam nas listas está sendo feito e até quinta-feira um oficio será encaminhado à SECAD cobrando a inclusão desses nomes faltantes.

Durante a reunião com o secretário, foi acertada também a participação do SINDIFISCAL  na elaboração do novo código de ética da SEFAZ.  Há uma comissão técnica interna multidisciplinar que está contando com o apoio do sindicato para o levantamento  de todos os itens que devem constar neste documento. "O SINDICATO está estudando as propostas já apresentadas para também dar sua colaboração na elaboração deste documento", assegurou Rogério Jatobá. 

Foi uma manhã muito produtiva para o SINDICATO. A diretoria ficou muito satisfeita com o apoio dado pelo Secretário da Fazenda e pela Superintendente de Administração e Finanças. Contar com o apoio dos servidores diretamente impactados pelas mudanças significa ter a colaboração dos maiores interessados nas melhorias. Por isto as reformas nos postos fiscais, a locação de 12 caminhonetes para cada uma das 5 Delegacias Fiscais e das 7 Agências Avançadas e o convênio com a Polícia Militar, que trará segurança para nós auditores, que desenvolvemos nossas atividades em postos e comando volantes, é de essencial importância. O Sindifiscal estará sempre, enquanto  representante de nossa categoria, em busca de melhores condições de trabalho e na defesa dos nossos direitos.